emb_portugal
Embajada de Venezuela en Portugal
Relações Bilaterais PDF Imprimir E-mail

chavezsocrates1As relações entre a Venezuela e Portugal têm sido tradicionalmente cordiais e amigáveis e traduziram-se em numerosas visitas oficiais dos Ministros das Relações Exteriores e dos Presidentes da República de ambos países, assim como na diversidade de instrumentos jurídicos assinados e que regulam as relações entre os dois países. O actual Presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva, já tinha visitado a Venezuela em 1994 quando era Primeiro Ministro, e o ex-Presidente Jorge Sampaio também o tinha feito em 12 de Novembro de 1997.

 

O Presidente da República Bolivariana da Venezuela, Hugo Chávez Frías, realizou uma Visita Oficial a Portugal de 17 a 19 de Outubro de 2001, a convite do Presidente da República Portuguesa Jorge Sampaio.

Posteriormente, o ex-Chanceler da Venezuela, Roy Chaderton Matos, realizou uma Visita Oficial a Portugal durante os dias 11 e 12 de Abril de 2003. Na reunião que manteve com o seu homólogo português, o Ministro António Martins da Cruz, analisaram as relações económicas, as perspectivas para incrementar o comércio bilateral, as relações económicas, as perspectivas para incrementar o comércio bilateral, as relações culturais e empresariais entre os dois países. Neste tema, o Chanceler português demonstrou o seu interesse na cooperação em matéria de exportação de serviços, a diversificação do comércio bilateral e a triangulação, como se está a fazer com o Brasil, Paraguai e Uruguai. Pela sua parte o Chanceler venezuelano manifestou o seu interesse em reforçar os sectores industriais. Igualmente destacaram a importância da Comunidade Portuguesa na Venezuela e a necessidade de conferir transcendência à relação política entre ambos países.

No dia 23 de Julho de 2006, o Presidente da república Hugo Chávez Frías manteve um encontro, em Lisboa, com o primeiro Ministro José Sócrates, durante o qual conversaram sobre as relações bilaterais, a possibilidade de incrementar o comércio entre os dois países e o desenvolvimento de programas sociais, energéticos e agrícolas. Igualmente, trocaram impressões sobre a situação internacional.

A 20 de Novembro de 2007 e a convite do Primeiro Ministro José Sócrates, o Presidente Hugo Chávez Frías realizou uma visita de trabalho a Lisboa. Durante o jantar que lhe foi oferecido e num ambiente de cordialidade, abordaram-se temas de interesse comum, tais como a necessidade de incrementar as relações políticas e comerciais luso-venezuelanas, a comunidade residente no nosso país e o tema de investimentos e energia. Este encontro fortaleceu ainda mais o relacionamento entre os dois países amigos.


Durante os dias 12 a 15 de Maio de 2008, realizou-se a Visita Oficial do Primeiro-Ministro da República Portuguesa, Engº. José Sócrates, à Venezuela. Nessa oportunidade efectuaram-se várias actividades políticas, económicas e sociais.

socrateven1Foram assinados 22 acordos de cooperação entre ambos países em diversas esferas da actividade económica, como uma parte dos esforços para consolidar os vínculos entre as duas nações.

No que se refere às relações energéticas, os dois países decidiram optar por um modelo baseado na cooperação real, que terá em conta em primeiro lugar o ser humano como beneficiário directo. A assinatura de vários acordos entre a GALP e a PDVSA (Petróleos de Venezuela, S.A.) foi uma prova disso, nomeadamente o acordo que garante o envio diário de 10.000 barris de petróleo em troca de produtos, bens e serviços em diversas áreas. De igual modo, os projectos que estão a ser postos em prática para o desenvolvimento das energias renováveis y não renováveis na Venezuela, assim como a constituição de empresas mistas entre ambos países para a liquefacção de gás natural e a instalação de parques eólicos em vários pontos do país.

No âmbito da Viagem Presidencial à Europa, nos dias 23, 24 e 25 de Julho de 2008 o Presidente Hugo Chávez Frias realizou uma Visita Oficial à República Portuguesa, a fim de estreitar os vínculos de cooperação entre os dois países. Nessa oportunidade, o Presidente Hugo Chávez foi recebido pelo Primeiro-Ministro Engº. José Sócrates na residência oficial, onde se assinaram acordos de cooperação nas áreas da ciência y da tecnologia, infra-estruturas e fornecimentos na área da saúde.


jun1Foram assinados três contratos e dois memorandos de entendimento entre os dois países. O primeiro memorando de entendimento tem por objectivo fomentar a cooperação no sector das telecomunicações, informática e serviços de correio no âmbito da competência de ambas as partes, através do desenvolvimento de iniciativas de intercâmbio de experiências. O segundo memorando refere-se à construção de habitações em território venezuelano.

Assinou-se também um contrato que tem por finalidade executar o projecto de ampliação e modernização do porto de La Guaira.
Um segundo contrato destina-se à construção da barragem de Dos Bocas e obras hidráulicas; ao aproveitamento das bacias de Los Cerritos, Yacambú e Dos Bocas, para melhorar o fornecimento de agua potável às cidades de Barquisimeto e Acarigua-Araure, assim como para o controlo de inundações.

Finalmente assinou-se um terceiro contrato de fornecimento de medicamentos à rede assistencial da Venezuela, o qual dará cumprimento à Carta de Intenções assinada durante a visita do Primeiro-Ministro Engº. José Sócrates à Venezuela, e que prevê o fornecimento de medicamentos por parte de seis laboratórios portugueses, por um total de 20 milhões de Euros.

 

Outras Notícias

Hegemon
Los medios
venezuela-se-respeta
libro-azul pt
bot chavez precursor
bot tmaduro
boletin portugal
bot mensaje chavez
ceims
derchos vivir
venezuela verdad